Páginas

Que Sta Sara abençoe nossos caminhos!

domingo, 22 de março de 2015

Sobre a nossa prática na Cartomancia

Olá amigos!

Hoje gostaria de partilhar com vocês algumas idéias. Não tenho a intenção de estar “certa e nem de ser a dona da verdade”, mas as vezes é necessário alguma ponderação sobre temas ligados ao nosso trabalho.

Tenho muito respeito por todos os meus amigos e colegas da Cartomancia, tanto do Brasil quanto os de outros países. Esse respeito foi e será a base de tudo que escrevo, e associado a isso sigo um lema de vida, no qual acredito que cada pessoa tem por direito ser como deseja ser, e a mim cabe o dever de ser uma pessoa melhor em todos os aspectos. Lição aprendida pelas palavras do Chico Xavier e que me cabe bem todos os dias.

venetsianov_fortunetelling

(Imagem:  Alexei Venetsianov)

Quando começamos o Blog Tzara da Estrela não tínhamos pretensão de servir como modelo, escola de cartomancia ou algo que o equivalha. Sequer posso dizer que segui alguém ou me baseei em algum cartomante para dar inicio aos posts, eu mesma fui aprendiz de uma Cigana.

Na época em que conheci o Baralho Lenormand ele se chamava aqui no Brasil genéricamente como “Baralho Cigano”. Se você chegasse em uma loja para comprar um baralho e pedisse um Baralho Cigano, estaria sujeito a receber um Baralho Lenormand (Escola Européia) ou um Baralho Cigano (Escola brasileira) dependendo do que estivesse disponível. Muitas vezes a escolha se definia pelo preço sensivelmente diferente entre o importado e o nacional. Meu primeiro baralho foi um Blue Owl com o qual me identifiquei desde o inicio, embora tenha adquirido um baralho nacional muito bonito.

Nesta época também não era comum os sites e blogs oferecerem material rico e detalhado sobre os significados das cartas Lenormand!

Quando comecei a ler as Cartas recebi informações que misturavam os dois estilos de leitura, sem que isso fosse dito, mencionado, etc, porque de fato esse debate só começaria depois.

Acho desnecessário tantos pudores para algo que começa recentemente a ser debatido. Até tão pouco tempo atrás era comum a autoria do Baralho ser equivocadamente atribuida a Sra. Lenormand.

Sobre ser um Baralho Cigano bastaria ver as pinturas da época para ver que Ciganos não usavam esse baralho, pelo contrário usavam o baralho de cartas de jogar, mas Cigano sem dúvida o Lenormand é pois viaja livre arastando uma Caravana de admiradores, despertando paixões por onde passa.

Um aceno de novidades vindas recentemente gerou um afã, não pelo conhecimento, aprimoramento, mas pela necessidade de ter “razão”. No meu entender ambas as escolas são excelentes como meio oracular, e são irmãs, próximas, mais próximas do que isso seria o dia que tivessemos um baralho unico ou uma nova vertente de interpretações.

Se a criatura se afiniza mais com um caminho que com o outro que o faça ou se acha pertinente mixar visões que o faça. Faça de modo seguro e firme, de modo que sua leitura reflita seu modo de ver o simbolo.

Quando iniciei a escrever muitos dos posts precisaram ser adaptados para caber dentro do possível nos dois estilos de leitura, pois escrevia para todos e dependendo do Arcano o significado era um pouco ou muito diferente.Nunca pretendi que meu Blog tivesse uma sistemática pedagógica, mas sei que foi e é fonte de pesquisa para muitos que iniciam seus estudos e depois alçam vôos mais longos e altos.

Nunca verifiquei que isso causasse um problema nas interpretações dos jogos e neste Blog todos os estilos foram sempre bem vindos e respeitados. Creio  que esse acolhimento deu base para muitas trocas e comentários de leitores ávidos em aprender o melhorar seu estilo de leitura.

Sempre escrevi visando ampliar os conteúdos simbólicos de cada carta, isso é herança de uma base profissional que tenho como Psicóloga Clínica com muitos anos de consultório, lidando com pessoas, sentimentos e crises existenciais. Compreender os símbolos é uma prática natural para quem atende em psicoterapia, viajar nos universos pessoais e simbólicos é comum.

Apliquei aqui no Blog, nos textos, o que sempre fiz na pratica do meu trabalho, que é naturalmente acolhedor de diversidades e visa a integração das idéias e das pessoas.

Como a Cartomancia envolve uma relação estreita entre duas personalidades que caminham pela ponte simbólica (as cartas) julgo que deveria estar sujeita a algumas regras básicas de relacionamento entre seus pares, tanto no atendimento com as cartas, quanto na relação com os colegas de profissão, para isso temos a Ética como balizadora das trocas humanas.

Respeito, educação, bom senso, são o principio de tudo, especialmente se desejamos nos deparar com o universo de outras pessoas, se temos tanto para trocar como aprendizado e construção de um campo do saber ainda em desenvolvimento seja ele a Cartomancia.

Por mais que alguém conheça de Cartomancia, estilos , escolas , técnicas, métodos, textos remotos, ou mesmo a erudição das pesquisas sobre o tema, me parece que o desafio maior ainda é de ordem primária: saber se comunicar com equilíbrio e respeito, compreendendo que existem limites para o que se pode dizer , especialmente se o que for dito fere a dignidade de alguém ou de algum saber.

O debate nos ajuda a crescer, as trocas favorecem  e desafiam a inteligência, e tudo é bem vindo quando colocado de forma educada e respeitosa. Ainda me lembro bem do meu pai dizendo “o papel aceita tudo, mas depois de escrito não há como voltar atrás!”.

Para favorecer esse debate nossa amiga Tânia Durão tem realizado encontros anuais onde a conversa é livre entre as pessoas, num clima muito positivo de parcerias entre colegas que trabalham e escrevem sobre a Cartomancia. Nosso amigo Emanuel J Santos costuma fazer Blogagens coletivas no seu Blog  e dará inicio em breve a um novo ciclo de Blogagens coletivas sobre assuntos que irão acrescentar muito sobre temas de nosso interesse.

Tanto a Escola Européia de Cartomancia quanto a Escola Brasileira na pessoa de sua idealizadora Katja Bastos ocupam lugar de importancia no cenário de nossas práticas, e o que define a importancia e eficiência de suas leituras não é a escola por si, mas a capacidade de ultrapassar o conhecimento lógico (Teórico e técnico) e fazer um atendimento de qualidade ao consulente que nos procura.

O que define isso? Conhecimento puro e simples? Domino de métodos (centenas deles) ? Para mim é mais que isso! Cada pessoa associa tudo isso ao sua ferramenta principal que é sua própria pessoa, seu feeling, intuição, sensibilidade, empatia, e porque não de seu canal espiritual ou mediunidade.

E só para deixar claro, quando falo em intuição e mediunidade , não estou falando de pessoas incorparadas por entidades dando consultas. Falo de uma coisa natural que flui em qualquer relação onde o sutil , o energético e o espiritual possam se fazer presentes através de insigths.

Não sei até onde podemos ir nos estudos e pesquisas dentro da Cartomancia, mas não seria demais desejar um purismo, uma visão quase pseudo cientifica de uma prática antiga, que tem sua beleza justamente por ser simples e acessível a todos? O que dizer de alguns Cartomantes excelentes que tive a chance de conhecer e não sabiam sequer assinar seus nomes, mas tinham uma leitura afiada.

Para concluir e ajustar os passos desta semana aproveito para elucidar algumas questões sobre o Baralho de D. Maria Mulambo, que como muitos sabem foi desenvolvido por mim após dois anos de busca interna tentando entender um chamado interior para que um baralho fosse feito.

Para mim seria mais confortável publicar um baralho que é do meu domínio, mas fiz o que me foi pedido pela espiritualidade e sai da zona de conforto e expus meu nome e trabalho para ser alvo de críticas e julgamento, pois a entidade “Pombogira, Bombogira ou Pomba Gira , como queiram” não é  ainda bem compreendida pelo público em geral, sendo alvo de preconceitos e comentários desprovidos de bom senso e conteúdo.

Mas isso não me importa, sinceramente acho que cabe a cada pessoa eleger aquilo que fará de sua vida algo de valor. Há quem cresça escalando as montanhas e superando as adversidades, há quem prefira sobrepor-se aos demais . Cada pessoa demonstra com atitudes aquilo que vai no seu interior e quanto a isso não ficam dúvidas pois cada um é o que é.

No mais, apenas esclarecendo um único ponto que me surpreende toda vez que me deparo com isso:

Pombogira não é prostituta, não vende seu corpo para trabalhar, sequer tem um corpo pois vive no astral e SEMPRE age esgotando as energias que precisam ser trabalhas sejam nos seus médiuns ou naqueles que a buscam ou mesmo a mencionam para o bem ou para o mal.

Muitas vezes aquele excesso visto na figura da Pombogira nada mais é que o reflexo de sua própria pessoa, neste caso cabe 100% a afirmação: Pombogira é espelho, reflete o que vai no fundo do fundo, que vive ai em você!

No mais quero dizer que me sinto honrada em ter como companheiros de jornada  muitos  amigos cartomantes , pessoas que buscam o melhor do saber para ter o melhor para oferecer.

Encerro com uma frase que constará no livro de D. Mulambo:”Se levares a vida a sério demais, ela te levará mais a serio que tu pensas!”.

Obrigada pela sua atenção!

Sonia Boechat Salema

terça-feira, 17 de março de 2015

19 de Março - Dia de São José

19 de Março - dia de São José
Entre os Ciganos é comum prestigiar seus Santos de devoção com uma homenagem regada a comidas e novenas para fortalecer algum tipo de energia que se deseja ver prosperada, são as Slavas. Os Santos celebrados são os da preferencia do local onde vivem, geralmente Sta Sara Kali, S. Jorge, N.S Aparecida e outros.
Aqui entre nossas magias e mirongas penso muito em São José pelo aspecto místico e força espiritual que ele representa.
Não sou católica, portanto conheço pouco da história dos Santos, mas São José tem meu apreço especial, pois é padroeiro do meu filho que nasceu neste dia.
Gosto de aprecia-lo pelo aspecto esotérico que transcende aquilo que nos é conhecido.
Vejo no simbólico São Jose a força motriz do trabalho, o "carpinteiro" que talha e molda trazendo realidade à vida a partir da vontade focada e bem disposta.

b94c9d1e2e31b19613b0d46826fd3952
Sua capacidade de construção moldou energeticamente a paternidade (José pai de Jesus), que é mais um "estado de espírito" do que a realização concreta de um ato carnal. Podemos ser pais universais daquilo que adotamos pelo afeto e identificação. Ser Pai sempre será transcendente.
Aprender a conviver e construir uma família é outro aspecto mistico de São José que viveu nas adversidades dentro
de um espírito de lealdade e companheirismos, admitindo que o imponderável permeia a vida de todas as famílias, pois em todas elas teremos que lidar com amores, dilemas, alegrias e despedidas.
Esse símbolo do homem trabalhador, que usa mãos e coração para construir o que precisa me é muito bem vindo e a essa energia meu coração se curva e tento buscar elementos para crescer.
Outro aspecto relevante foi o da consciencia da morte após ter cumprido seu papel diante da mistica do Cristo. São José foi consciente do término de sua missão e preparou-se para ela sendo considerado por muitos como um padroeiro da "Boa morte"


Morre bem quem vive bem, dai vem a serenidade do dever cumprido.
São José é muito querido por mim e vejo nesta força mística de sua egrégora alguns pontos de grande valia nas magias para celebrar seu dia e fazer pedidos a partir de algumas orações de força poderosa.
* As orações de domínio popular.
1. Para causas urgentes:
Ah! Vós que ninguém jamais invocou em vão! Vós cujo poder junto a Deus é tão grande que se diz: "No céu José manda, não suplica!", rogai e intercedei por mim junto a Jesus.
Sede meu advogado junto a este divino Filho, de quem fostes na terra protetor fiel.
Ajuntai a todas as vossas glórias aquela de ganhar a causa desesperada que vos confio... (citar o que deseja). Eu creio, sim, eu creio que podeis acudir os meus votos, livrando-me das penas que me acabrunham e das amarguras de que sofre a minha alma. Tenho, , além disso, confiança em que nada deixareis de fazer em favor do aflito
que vos implora. Humildemente prostrado a vossos pés eu vos peço: Tende piedade de minhas súplicas e de minhas lágrimas, cobri-me com a vossa misericórdia e abençoai-me.
Assim seja.

2.Para os que buscam emprego e estão desesperados
Ó Deus nosso Pai, nós vos pedimos, pela intercessão de São José que conheceu o peso da fadiga e do cansaço para sustentar Jesus e Maria, protegei nosso trabalho e afastai
todo perigo.
Fazei que jamais falte para nós o meio de sustentar dignamente nossas famílias. Aliviai a angustia dos desempregados e dos que não tem serviço.
Daí-lhes a força de prosseguir lutando na busca do trabalho e que nunca percam a esperança num futuro melhor.
Fazei com que sejam respeitados o direito e a dignidade dos
trabalhadores e que ganhando o pão com o suor do nosso rosto possamos realizar a vossa vontade a cada dia em nossa vida. Amém.
Desejo que sua vida seja próspera!
(texto de Sonia Boechat Salema e orações de uso popular)


segunda-feira, 16 de março de 2015

Leitura do dia

Para o dia de hoje um conselho bem-vindo!
Como filtramos, lidamos ou cuidamos daquilo que entra pela nossa "porta" ( no sentido simbólico, o que pode ser muito amplo!)
O que nos chega ( visitas, fofocas, notícias, problemas, ou novidades de uma forma geral...)certamente nos afeta positivamente ou negativamente.
Aqui , o que entra afeta a carta seguinte, que é a Arvore. A Arvore simboliza a estrutura vital, fonte de vida, saúde boa, energia construtiva, etc. A consequência são os Ratos, os prejuízos provavelmente afetando a estrutura pessoal, quem sabe até a saúde.


Ratos roem, são vorazes e especialistas e nutri-se daquilo que nos é de consumo básico.
Cuidar do que nos cerca é essencial. Ser vigilante, atento e cuidadoso para evitar mais desgastes do que o necessário é palavra de ordem.
Resumo: estar atento ao dia, minimizar desgastes, ser observador e filtrar possíveis situações de estresse, reduzir gastos energéticos, cuidar para não ter prejuízos, observar possíveis roubos na vizinhança, etc.
Conselho: melhor prevenir, nem tudo pode ser remediado!
Bom dia!


Ajudando no jogo (2)

PicMonkey Collage1

Prezados amigos e leitores da página. Recebo inúmeros pedidos de ajuda e dicas em jogos. Normalmente não tenho como responder. Hj me sobrou um tempo e aqui estamos!
Abrindo questões sobre a leitura de uma pessoa.
A pergunta foi "qual o cenário da semana?" As cartas 5E 7P e 2C
Em primeiro lugar, amo as cartas comuns, são tudo de bom e existem muitas formas de interpreta-las, por isso não seria improvável que alguém achasse outros significados para as mesmas cartas.
O método que uso foi o que senti que fazia total sentido para mim e funciona sempre perfeitamente bem.
É com essas cartas que abro minhas leituras, sem perguntas inclusive.
Aqui neste jogo a pessoa perguntou sobre um cenário para a semana, uma visão geral.
Temos duas cartas pretas e uma vermelha.
Usando o método Hedgewhitchery sabemos que existe um problema (5E), que demandará esforço (7P) mas que terá uma solução ou alívio (2C)
Assim já temos o primeiro passo da leitura, apenas passando os olhos nas cartas. Começou mal, mas termina melhor. De As de copas ao 10 de copas temos o 2, ou seja uma pequena melhora)
Quando lemos para ver nossa semana podemos observar algumas questões do "cenário" que nem sempre é com a gente, mas dentro do cenario em que vivemos.
Temos 5E situações conflitantes que podem resultar em cortar algo ou perder algo, ou ainda algo que se finaliza. Ex fim de um curso, de um romance, etc. Ou
perdas em geral e corte.
(Inclusive uso essa carta como "tema" para processos cirúrgicos)
O 7P já nos remete ao esforço, ação, ter que agir, por a mão na massa para resolver algo. Exige planejamento e atenção aos detalhes para que algo volte a funcionar bem e geralmente pede que se dê o máximo de si para que tudo tenha sucesso.
O 2C é uma carta de amor, afetividade, dois corações unidos em prol de algo. Na saúde são os seios, na cartomancia antiga "visita inesperada". Gosto de ver o 2C como parceria, ajuda e trocas positivas.
Neste jogo tenho a impressão que algum acontecimento trará a necessidade de emprenho pessoal, cuidados e atenção constante, necessitando de ajuda ou que se resolve com a ajuda de outra pessoa.
Os problemas ou incômodos do 5E podem exigir um esforço extra na semana. Pode ser que a pessoa em questão venha a ser ajudada por alguém ou seja solicitada para ajudar em alguma dificuldade.
Desejo boa sorte!
Obs: Meus comentários são ilustrativos, pois não sei como o jogo foi feito.


Ajudando num jogo (1)

Cartas comuns, ótimas para cartomancia!
Ajudando no jogo de uma leitora:
Ajudando na dúvida de uma leitora sobre seu jogo. pergunta: o que uma amiga quer comigo, saiu QE, 8E e 2O.

Na metodologia que uso ( Hedgewitchery / Kapherus ) existem muitas formas de interpretar um jogo, mas vamos começar pelo básico.
Duas cartas de espadas mostram tensão, problemas e dificuldades em dobro, a ultima carta vermelha mostra um aspecto favorável, amenizando a leitura.
A Dama de espadas não é muito sincera, devemos ser cautelosos com suas intenções. Pode falar mentiras, ou ser alguém difícil, autoritário e manipulador.

Porém podemos pensar que essa carta pode representar a própria amiga, especialmente se ela for morena. O ponto central desta busca de proximidade com a leitora pode ser por problemas (8 de Espadas. ) dificuldades na saúde, necessidade de ajuda, dividir um problema, pode estar vivendo uma situação complicada. O resultado final 2 de ouros situa-se numa necessidade de ajuda, pode ser um pequeno empréstimo ou mesmo para partilhar suas dificuldades no momento, um pedido de ajuda, um estímulo energético.
Se fosse comigo o assunto, eu ficaria atenta e cautelosa! Observaria antes de agir!
*Nao sei como o jogo foi feito. Minhas considerações são meramente hipotéticas.

segunda-feira, 9 de março de 2015

Reza para Coração partido

A arte dos Benzimentos é tão antiga que não se pode contar no tempo!
Da mão da mãe que cruza o filho ao sair de casa, o beijo silencioso que guarda palavras de magia para proteger seu homem das lutas diárias, ou o galho de alecrim seguro com suavidade nas mãos sábias de uma Senhora, tudo é magia e encantamento enquanto palavras secretas são ditas com uma força que não conseguimos imaginar.
No início desta semana a Vovó Maria do Rosário e sua Almas benditas (Ela gosta que fale das 7 Almas que a ajudam) me passou uma reza que compartilho com vocês agora.
Este benzimento serve para ajudar as pessoas que sofrem de mal de amor, nos casos onde um rompimento traumático, abandonos, enfim, onde houver dor e dificuldade de seguir adiante.

0reza

Antes rezar faça um Pai nosso, Ave Maria ou
uma prece de seu coração.
Pelo poder e misericórdia das 7 almas benditas
Que morreram de amor
As que foram suicidadas, as abandonadas, as de cabeça atormentada,
de vontade acorrentada,
As de cabeça virada,
As sem rumo na estrada
As que foram Sacrificada sem ganho nem garantia
de ter a vida acertada.
A vós suplico que conserte o coração partido de (fulano....)
Com agulha eu costuro, com linha eu arremato,
Pela vontade divina, pelos anjos, pelos santos,
Pela bondade do Pai
Esse conserto esta feito e ( fulano...).libertado desta dor que o consumia.
Que as Almas tragam conserto de coração e de vida
Que de novo se arrume dono pra essa moradia.
Assim as Almas se alegram e se ilumina outro dia.
Amém.
Repetir 3 xs

***benzer com azeite ou água de rosas , fazendo sinal da Cruz durante o pai nosso/ave Maria
Usar a Agulha e linha vermelha costurando na lateral do corpo, em torno da pessoa enquanto reza as palavras da Vovó.

Se quiser pode ofertar Galho de alfazema ou manjericão que é seguro nas ´mãos da pessoa que recebe a oração e pode ser colocado embaixo do colchão antes de dormir.

Visite e curta nossas páginas no Face:

https://www.facebook.com/baralhodedonamariamulambo

https://www.facebook.com/pages/Cartomancia-Tzara-da-Estrela/228963100521570?ref=hl


quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Um momento para sentir e outro pensar…

Amigos,

Para mim a Cartomancia não é apenas uma ferramenta de trabalho, um artificio para chegar ao íntimo do outro ou ao cerne de uma questão.

A Carta de qualquer oráculo, inclusive das Cartas do baralho comum, usados para recreação, são verdadeira fonte de informação e motivo para me fazer sentar e rever algo mais profundo, algo que precisa ser maturado e processado em novas atitudes.

Creio que é para isso que uma leitura me serve, e é isso que pretendo levar para quem busca um conselho nas minhas cartas.

Existem muitas técnicas de leituras e uma infinidade de métodos que podem ser usados, se devidamente treinados e sua eficácia comprovada. Mas o que pesa de fato nas leituras é aquele primeiro olhar que passeia sobre o jogo e traz um “aviso” um sopro que explica imediatemante ao Cartomante “do que iremos falar”.

venetsianov_fortunetelling                                       (Imagem: Fortune teller by Alexei Venetsianov)

Tão importante quanto dominar as técnicas de leitura, é dominar a ansiedade de sair interpretando no afã de respostas. Espere, respire, sinta e depois fale!

Esse tempinho de aguardo muitas vezes faz toda diferença. Com eles temos um panorama geral do jogo, observamos e simultaneamente deixamos fluir a intuição, entramos em sintonia com a dinâmica do jogo.

O que as cartas sobre a mesa querem dizer? Esqueça a lógica e sinta: elas são rápidas, fluem, existem barreiras e interrupções? Como é o aspecto das cartas que iniciam e finalizam as frases em cada coluna?

Observe, sinta, respire. Assim terá tempo de decodificar sentimentos e impressões que lhe chegam, inclusive algumas palavras que sintetizam suas intuições sobre o jogo e a partir dai a leitura pode ser feita com mais tranquilidade, observando a  interação “Cartomante-cartas-consulente” como pode comunicar suas impressões sobre o jogo de forma que seja eficiente e assertivo.

Eu particularmente não gosto de interpretações dramáticas por pior que o jogo seja, estando de corpo e alma comprometidos com a verdade, podemos trazer luz e orientar de forma positiva sobre um “momento” a ser ultrapassado por pior que seja o momento.

Tudo na vida passa, passará e essa é a lei. As fases boas cedem lugar aos problemas, os problemas são vividos e superados, e a paz se faz presente outra vez. Assim é a vida! Então não há necessidade de ser teatral ou espetaculoso com quem sofre, ou ser otimista demais promentendo algo somente para alegrar ou entusiasmar alguém ou (pior) para valorizar a leitura.

Enfim amigos, hoje não falamos de “símbolos”, mas falamos de atitudes diante da leitura.

Bjkas

Sonia Boechat Salema