Páginas

Que Sta Sara abençoe nossos caminhos!

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

O Karma de uma cidade,o Rio de janeiro e suas tragédias, e o movimento de amor e solidariedade!

the-law-of-karmaEm minha busca por auto conhecimento, acabei por viajar pela Índia, em 1985.
Fiz um grande preparo espiritual, que incluiu um ano de muitos sacrifícios e abstinências, e um exaustivo processo de purificação e consciência.
Chegando lá, fiz uma coisa que me é muito difícil: fechar a boca e falar o essencial. Um exercício necessário...  
Observei as pessoas e fatos que ocorriam, e aprendi a respeitar a dor alheia, e buscar o entendimento perfeito do processo karmico.
Deus nos dá o que precisamos para crescer, e isso me ajuda muito, ao sentar numa mesa de jogo e olhar meu irmão sem julgar ou apressar as conclusões, pois o tabuleiro de 36 cartas nos mostra a estrada karmica que se desenha aos nosso olhos.
Por mais experientes que sejamos, Dieula nos mostra o que podemos ver e ajudar a mudar, pela ordem divina dos senhores do \karma. Vivemos da misericórdia divina, sob a proteção e o olhar dos Mestres.
Nosso único alento é a fé nos desígnios divinos, na vontade suprema do Criador e do Mestre que nos guia nessa condição planetária de provas.
Nossos olhos estão voltados para a tragédia que se abateu pela cidade do Rio de Janeiro, especialmente em alguns municípios e distritos pequenos das cidades serranas.
A natureza mostrou seu poder vital incontrolável, e não adianta perguntar “porque”, nem buscar os culpados. Isso seria alimentar a frustração e as defesas psicológicas que atrasam nosso processo evolutivo.
Somos divinos, mas somos humanos, filhos da mesma semente de luz, que iguala ricos e pobres, casebres e mansões, saudáveis e bronzeadas pessoas e peles enrugadas pela lida diária com a enxada e a semeadura dos grãos.
Hoje o que nos resta não são perguntas, mas a compreensão da exata medida da vida:somos almas lançadas no plano da vida para aprender e ensinar sobre a nobreza da existência, e da grande e rica experiência da vida.
O que construímos materialmente se dissolve em segundos, e o que de fato importa, não tem preço que pague…
solidariedade1 Em meio a dor da perda, da perda de tudo que se construiu uma vida inteira, quem sobrevive olha para os que perderam suas famílias, e se acham afortunados.
A vida é assim, grande mestra dos verdadeiro valores humanos…o que nos resta?
Compreender que nada somos sem o “outro” em nossas vidas. Para quem nada tem, restam as mãos para ajudar a reviras os escombros, para dar a dignidade cidadã de enterrar seus mortos. Para quem nada sobrou, nem sequer as forças, resta as mãos que se unem em preces. para quem nada restou, ainda existe a fé num remoto recomeço.
Não podemos nos enganar com essa experiência grandiosa que é a vida. Sofre quem vive as perdas na própria carne, e sofre quem assiste a dor alheia.
Mesmo que nada lhe reste a oferecer, doe seu amor, suas vibrações de amor e paz, não como uma esmola ao pobre que tudo perdeu. mas como uma ato de solidariedade pela perfeita compreensão de que somos todos iguais nesta jornada que se chama vida.
Oração de Francisco
Eu humildemente peço Senhor, que em Tuas grandiosas mãos caibam as dores de todos que passaram pleo resgate deste tão doloroso karma. E Tu, só Tu Senhor sabes o porque dessas dores.
Como somos pequenos e nada podemos fazer para mudar o que houve, que sejamos grandiosos no amor e no espirito cristão que envolve a compaixão e a juda espiritual dos que sofrem!
Que Sara e nossos irmãos do Plano superior sejam a luz nos caminhos dos que partiram e dos que ficaram para reconstruir suas jornadas!
Optcha!
Manouche Sonia

11 comentários:

  1. Assim seja!
    Emano amor e compaixão à todos os meus irmãos que passam por esse Karma!

    ResponderExcluir
  2. Somos tão pequeninos e a grandiosidade dessa vida muitas vezes nos leva em avalanches. Que possamos compreender com a maior fe, a de que temos certeza que não cai uma folha sem que O Pai maior permita. Oremos e como disse, apredamos a ouvir em silêncio!!
    Paz e Luz para todos nós!!
    Karla

    ResponderExcluir
  3. Oiê Sonia, quanto tempo...

    Permaneci com meus olhos vendados durante um tempo... mas retornei com mais força, disposta a enfrentar os desafios propostos e, quem sabe, poder ajudar muito mais do que previa!!
    Diante de tanta tragédia, envio energia positiva, amor e paz de espírito, na certeza de que dias melhores virão e de que nada nesta vida acontece que não seja para o nosso crescimento e fortalecimento na fé.
    Muita paz

    Beth Rasch

    ResponderExcluir
  4. Cris, Karla e Beth!
    Um beijo nos corações de minhas amigas!
    Optcha!

    ResponderExcluir
  5. Precisamos aprender a ouvir os gritos de socorro do planeta.Como vc bem disse, não devemos culpar esse ou aquele,mas sempre os mais prejudicados, são irmãos que lutam com dificuldade.E para esses, não há misericórdia e nem perdão.
    Amontoam-se uns por cima dos outros.É o que lhe resta.Tragédias acontecem todos os dias, mas não com essa magnitude.Quem se responbiliza por essas vidas??
    Acho que falta, acho não, tenho certeza, que falta responsabilidade social.Falta sim!!
    Sônia, desculpe, mas não consigo ser diferente.
    Um beijo.
    Vamos lembrar que donativos estão sendo recolhidos em todo o Estado.Vamos ajudar.
    Um beijo grandioso.

    Beth , a anônima.

    ResponderExcluir
  6. Bjus Beth, nosso coração dói!
    Com amor,
    Sonia

    ResponderExcluir
  7. SILVINHA(GUARULHOS)14 janeiro, 2011 08:59

    E MUITO DIFIÇIL FICAR IMPASSIVEL A TANTA DOR E SOFRIMENTO,MESMO ACREDITANDO NUM PODER MAIOR,E QUE NADA ACONTECE POR ACASO,E QUE NÃO CAI UMA FOLHA DE UMA ARVORE,SEM A PERMISSÃO DE DEUS,FICA SEMPRE A PERGUNTA DOS POR QUE,AFINAL SOMOS TÃO PEQUENOS DIANTE DE TODA ESSA MAGNITUDE
    SO NOS RESTA UNIR NOSSAS MÃOS E CORAÇÕES EM PRECE,PEDINDO A DEUS E A ESPIRITUALIDADE MAIOR QUE ENVOLVA A TODOS COM ENERGIAS DE PAZ,AMOR,COMPREENSÃO,TOLERANCIA E PERDÃO.
    QUE ASSIM SEJA E ASSIM SE FAÇA.
    BJUS PAZ E LUZ.

    ResponderExcluir
  8. Somos irmãos, filhos do mesmo Pai celestial e como tal as dores de meus irmãos brasileiros também me afecta. A minha solidariedade está com aqueles que neste momento tudo perderam, quer material mas principalmente quem perdeu seus entes queridos. Que Deus, Santa Sara e os Mestres Ciganos iluminem suas vidas nesta hora de dor e lhes dê a força necessária para (tentar) continuar.
    Muito amor em seus corações!!
    Vera

    ResponderExcluir
  9. ola, SONIA que bom mais um ano juntas,e unidas nas energias ciganas como é dificil ter que assistir a essas tragedias peço a você e aos seus seguidores que façamos uma corrente de oração pedindo a DEUS E A SANTA SARA para acabar com esse pesadelo é muito triste o que esta acontecendo
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Vera e Angela,
    vamos seguir juntas nessa corrente de amor!
    bjus

    ResponderExcluir

Seu comentário é importante para mim, mas nem sempre posso responder com rapidez.Agradeço sua participação e presença no Blog. Que Santa Sara seja a Luz e o Ouro em nossos caminhos!