Páginas

Que Sta Sara abençoe nossos caminhos!

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Dúvidas sobre um jogo!

Olá amigos, recebi um comentário pedindo uma dica sobre um jogo, e aproveito para compartilhar com vocês!

familia 

“Tentei deixar um post no teu blog e não consegui, pois a seleção do  perfil estava desabilitada. Era na seção "tirando dúvidas". Bem, minha  dúvida é a seguinte, tirando as cartas saiu a seguinte linha:

Cão (18)  Crianças (13)  Estrada (22) Caixão (8)  Montanha (21) Raposa  (14)  Dama (29)  Chicote (11)  e Cavalheiro (28)

  Fiquei na dúvida quanto à interpretação se refere-se à doença ou à  ruptura da família. Não há dúvida que esta linha refere-se a minha  família (eu, meu marido e meus filhos), bem como é um aviso para me  "fortalecer" pois virá chumbo grosso pela frente. Poderias opinar?”

Vou fazer algumas considerações gerais e depois falar do jogo;

Quando olhamos para esse jogo percebemos que foi feito com 9 cartas. Não sei qual foi o método que essa ciganinha usou aqui, mas considerando que abriu um jogo livremente, sem um método especifico em mente, minha sugestão é que da próxima vez limite o numero a um máximo de 7 cartas. Três, cinco ou sete cartas é um bom numero para encontrarmos uma resposta.

A partir disso é melhor usar um método onde as 9 cartas sigam um padrão de interpretação, como no “Bloco de 9 cartas”por exemplo.

Como não sei qual pergunta foi feita, vou considerar que o assunto foi Família, sendo que como sempre comento aqui, é importante ter clareza na hora de perguntar, foco e objetividade. Escolher um caminho, e olhar as cartas com serenidade, independente das cartas que saem, sem medo e sem idéias pré concebidas.

Agora vamos ao jogo:

Cão (18)  Criança (13)  Estrada (22) Caixão (8)  Montanha (21) Raposa  (14) Dama (29)  Chicote (11)  e Cavalheiro (28)

O que nos chama a atenção nesse jogo é a presença da carta 13, da carta 29 e 28, ou seja todas as pessoas que constituem a família dessa ciganinha!

Entre os filhos e o casal existe a emblemática carta 21, a Montanha com seus desafios que se bem encaminhados levam a um crescimento e a conquista de uma nova posição.

Algo nessa combinação me faz pensar que algum tipo de transformação vem por ai, algo que precisa ser transformado na relação da família, ou a forma de lidar com os filhos ou a forma do casal lidar um com o outro.

Muitas vezes o nascimento dos filhos traz um divisor de águas na vida do casal, e é preciso lidar com isso usando a inteligência emocional, um pouco de fogo para atiçar a paixão, e deixar que cada setor da família receba sua dose de atenção.

Talvez esteja na hora de rever a posição que cada um ocupa na roda familiar, e dar um pouco mais de atenção ao “casal”. As crianças crescem e tomam seu rumo, mesmo que ainda sejam novas elas vão se transformando. O que resta para o casal, como vivem seu casamento?

Não se tira cartas sem motivo! Sugiro Ciganinha que você pense o que havia em sua cabeça e em seu coração no momento que tirou as cartas, e veja se minhas palavras fazem algum sentido em um novo planejamento de vida!

Peço a Santa Sara que abençoe sua família e traga sempre a disposição amorosa de fazer a vida familiar dar certo!

bjus!

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para mim, mas nem sempre posso responder com rapidez.Agradeço sua participação e presença no Blog. Que Santa Sara seja a Luz e o Ouro em nossos caminhos!