Páginas

Que Sta Sara abençoe nossos caminhos!

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

A construção do “Saber” e o “Plágio” na Cartomancia

Olá amigos, tudo bem?

Quanto mais caminhamos na estrada da Cartomancia , mais se torna claro a diferença entre as pessoas que caminham ao nosso lado.

Nesses anos me deparei com uma variedade de pessoas e de objetivos os mais diversos. Me coloco sempre ao lado daqueles que amam as Cartas, e daqueles que sabem o que significa a palavra “Parceria”.

Muitas pessoas se encantam pelas Cartas ou por outro Oráculo qualquer , mas desconhecem o longo caminho que precisamos fazer desde o despertar para essa tarefa até o momento em que o consulente chega até nós. Muito mais do que aquilo que podemos fazer ao nos intitular “Cartomantes” existe um tempo, ao qual chamarei “processo” no qual vamos galgando degrau por degrau, ´com todo esforço que se faz necessário, todas as renúncias que precisam ser feitas, toda lapidação do próprio Ego vaidoso, e todo estudo e dedicação, todas as questões que nos levam a trocar ideias, pesquisar, buscar ajuda para as dúvidas mais urgentes.

Tudo isso leva tempo, é uma “Construção da identidade profissional do Cartomante”. Muitos acham que Cartomante é vidente,adivinho, um ser extra-terrestre. Não somos não! Somos pessoas esforçadas e dedicadas, que lidam com o assunto com extremo respeito, mais do que nosso trabalho é nossa paixão, fidelidade, estilo de vida e valor pessoal.

Por isso amigos é que não se faz um Cartomante de um dia para o outro, e quem se dedica com seriedade sabe bem disso!

Parece que para algumas pessoas o objetivo é de outra natureza, e na maioria dos casos é de ordem financeira, ou para ganhar prestígio. Para essas pessoas a palavra “Respeito” não existe, sendo assim usam o mais que fácil “Copiar/Colar” e quando menos esperamos lá está nosso texto por completo, copiado e colado com nossos próprios exemplos, e sem os devidos créditos, junto com assuntos que contrariam meu ponto de vista espiritual e ético, que talvez seja o que mais me incomode. Não se iludam com esses profissionais: Não respeitam o esforço e trabalho dos outros, também não vão respeitar seus consulentes.

Tal é o amor que temos pelo que fazemos, aqui incluo meus amigos de Cartomancia mais queridos , que cada texto é como um filho que embalamos e cuidamos com capricho e responsabilidade antes de te-lo aqui partilhados!

Esse ano, além de ter o Blog plagiado por algumas pessoas, tive o desprazer de lidar com um “anônimo” respondendo por mim. Confesso que nesses anos, quase cinco anos, pensei várias vezes em encerrar o Blog, não fiz por respeito aos inúmeros interessados nos assunto e por acreditar que algo de bom pode ser conquistado por aqui.

Aos Plagiadores e Copiadores: Dar o crédito ao trabalho alheio é fundamental!

Para que todos saibam, plágio é crime previsto em lei. Hoje a internet que tanto auxilia aos que se dedicam ao estudo e a pesquisa, criou também um bando de preguiçosos e plagiadores que criam seus Blogs a custa do esforço alheio. Roubam nossas ideias, mas não roubam nosso talento, não roubam nossa inspiração e não roubam nosso poder de regenerar aquilo que é corrompido pela incompetência alheia, muito menos nos tiram de vista os objetivos que temos.

A partir de hoje, estamos mais atentos, e se existe uma Lei que seja respeitada e seja para o bem de todos!

Agradeço a compreensão de todos, e os que não gostarem deixo nas mãos de Sta. Sara, minha Advogada.  Que nossa Mãe abençoe a todos, e a nós não desampare.

Sonia Boechat Salema

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Criança carta 13 do Petit Lenormand

Criança, o melhor em nós!

A espontaneidade, a alegria de viver, a inocência, a brincadeira, a infância seja em qualquer tempo da vida. Dos 8 aos 88 estamos ai, cheios de felicidades se o assunto é criança.

O mesmo acontece no jogo, se surge esse Arcano feliz e levinho já vamos nós sentindo o alívio de coisa boa que chega!

 

Um momento descontraído, um alívio para uma fase difícil, sentimentos novos , ou mesmo um novo amor ou até quem sabe apaixonar-se por alguém mais jovem, mesmo que você já tenha os cabelos brancos!  Essa energia de Êres brinca com nossa imaginação e permite viver coisas boas, novas  ou mesmo viver as coisas de forma descontraída.

Vamos brincar então, de combinar as cartas?

13/1 : Notícias de uma criança ou de uma nascimento, projeto que se inicia, arriscar-se sem ver as consequências.

13/2: pequena sorte, pequenas coisas interferem para melhor, criança próspera.

13/3: pequena viagem, gravidez, intercambio de jovens.

13/4: Nova residência, criança nova em casa, família.

13/5: boa disposição, nova fase de vida, desenvolvimento positivo de uma situação.

13/6: Criança com dificuldades de aprendizagem, avaliação inadequada de uma situação, stress , informação equivocada, birra.

13/7: mentira, pequeno erro , inicio de um problema, falso testemunho.

13/8: doença infantil, perda da gestação, interrupção de algo que se inicia.

13/9: Infância alegre, descontração, pequenas bênçãos, estar de bem com a vida.

13/10: Perda da inocência, agressão à criança, cirurgia infantil, pequeno procedimento cirúrgico, atitude imatura.

13/11: falar sem pensar, discussão com criança, discussão infantil, tentativas para engravidar.

13/12: Conversa alegre, grupo de jovens, conversa sem consequência,Chat, pequeno grupo.

13/14: criança mentirosa, esperta, criança interesseira, manha, conversa mole, manipulação.

13/15: pequena liderança, aprendendo a chefiar, pequena promoção de cargo, cargo abaixo do chefe.

13/16: nascimento (dar a luz) ,Inspiração, criatividade, criança talentosa, anjo protetor, bom momento, sorte nos projetos.

13/17: gravidez, novidades na rotina, passeio pequeno, pequenas mudanças.

13/18: novos amigos, amigo de infância, grupo de crianças, animal de estimação (cão ou gatinho).

13/19: Pausa para reflexão, prédio pequeno , escola de crianças, instituição infantil, vara de família.

13/20: passeio em grupo, atividade criativa em grupo, pequeno publico, nova atividade em grupo.

13/21: pequena dificuldade, pequeno desafio, criança com dificuldades para se desenvolver.

13/22: caminho novo, optar sem estar amadurecido.

13/23: pequena perda, roubo de pequeno valor, criança com maus hábitos, criança mal cuidada.

13/24: Novo amor, inicio de romance.

13/25: Novo compromisso, cliente novo, novo contrato, ver se o contrato está adequado.

13/26: Segredo entre crianças, novo estudo, aluno, fase escolar, livro para crianças, diário de adolescente.

13/27: pequena informação, twitter, e-mail,certidão de nascimento.

13/28 e 13/29: pessoa (homem ou mulher) jovem, imaturo, ingênuo, frágil, nova etapa para a pessoa, filho ou filha do consulente.

13/30: fase de alegria e tranquilidade, inicio de amadurecimento, ideias mais claras, maduro e tranquilo, neto do consulente, filho que nasce mais tarde.

13/31: Criança líder, cheio de energia, alegre e contagiante, positivo, novo começo de sucesso.

13/32: Ilusões infantis, sonhos e devaneios, instável e emotivo, sonhos de criança.

13/33: chances de engravidar, aberto para crescer, novo projeto que se inicia, criança esperta.

13/34: Dinheiro extra, em pequenas partes, pequeno aumento, juros.

13/35: Novo emprego, pequena estabilidade, parar por um tempo, fixar-se em novo emprego, emprego criativo.

13/36: pequeno karma, criança com problemas, inicio de uma fase difícil, ter animo para superar uma fase, pequeno sacrifício.

Vamos pegar doces? Um  bjo pra todos! Smiley piscando

Coração vermelho Smiley de boca aberta Coração vermelho Rosa vermelha Menino Menina EscolaXbox Estrela Bolo de aniversário Coração vermelho Menina Menino Rosa vermelhaSmiley de boca aberta Coração vermelhoBolo de aniversário CachorroSmiley festeiro Estrela

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Combinando na Cartomancia!

OI , A COMBINAÇÃO DA CRIANÇA E CRUZ TRAZ POSITIVIDADE OU NÃO, E/ OU BUQUE E CRUZ, PODE SE DIZER QUE É BOM TAMBEM?  ME TIRA ESSA DUVIDA? AGUARDO.

Olá amigos, tudo bem?

Escrevo esse texto esperando que possa responder aos amigos que tem escrito e não tenho podido responder individualmente. Espero que me desculpem e entendam a falta de tempo nesse momento. Claro que são perguntas falando sobre combinações diferentes, mas em resumo a dúvida maior consiste em saber como ler as cartas, já que não basta conhece-las.

Sei que é aflitivo sacar algumas cartas do deck tendo uma pergunta em mente e ficar sem a “resposta” que traria alívio ou paz no coração. Mas garanto que se treinarem bastante vão se tornar íntimos das cartas e para isso seguem algumas dicas que podem ajudar.

Combinar as Cartas é difícil? Não, mas exige o exercício e a prática diária. Tirando a carta do dia nos tornamos íntimos da energia do Arcano, sua expressão dentro do cotidiano, os diálogos que temos com essa Carta nos diversos momentos em que lembramos “isso tem a cara da Carta numero tal”!

Quando passamos para os pares já acrescentamos um desafio, um plus na interpretação, e o exercício se torna mais interessante e passa a ser uma prévia do que usaremos na Mesa Real, onde podemos ler a Carta numa combinação com a “casa” onde ela cai. Por exemplo carta 24/ Coração na casa 22/ Caminhos.

Conversando com amigos é comum notar que as pessoas tem formas diferentes de interpretar os pares, mas, o mais comum, entendendo que a leitura se faz como numa “frase simbólica”, é ler da esquerda para direita, e então fazer interpretação da dupla, mas de qualquer forma vamos precisar encontrar uma forma de unir os dois conceitos.

Outro ponto que pode causar confusão para os iniciantes são as visões diferentes que temos entre as escolas Brasileira (EB)  e Europeia (EE).

Quando combinamos, a força simbólica da primeira carta se intensifica, ou diminui ou se esgota sob a influencia da segunda carta, e para concluir o resultado da interpretação entre esses pares precisamos saber o conceito básico de cada Carta, ou ter em mente uma palavra chave, ou ainda o sentido mais forte em que esse Arcano se expressa para nós, ou como intuímos sua ação, caso contrário a leitura de torna mecânica e muito se perde na interpretação.

Para efeito de exercício e estudos, pode-se experimentar como as duplas responderiam numa leitura sobre assuntos diferentes: amor, profissão, saúde, por exemplo com situações que sejam apenas para treino e não tenham a ver com a vida pessoal Smiley piscando!

Vamos ao exemplo da pergunta que me foi feita e em ambas o final é a Cruz (36). Esse exemplo é bom, pois aqui encontramos uma carta que tem aspectos um pouco diferente no Brasil, representando as conquistas e vitórias, e em outros países tem aspecto de karma, sofrimento e superação. Em uma leitura do Baralho Cigano como carinhosamente o chamamos aqui seriam combinações positivas. Se estivéssemos diante de uma interpretação com base Europeia não seriam combinações necessariamente negativas, mas apresentariam um processo em que algo precisa ser superado, mesmo que algum sofrimento ou karma esteja envolvido nisso.

Não sei por qual escola a leitora interpreta seus jogos, mas não seria essa diferença entre as escolas o motivo de confusão?

    13   OU   09  +  36

(Lisa Lenormand : imagem com uso permitido para fins não comerciais)

Na primeira combinação 13+36, CONSIDERANDO NÃO NÃO TEMOS UMA PERGUNTA, OU O FOCO DO JOGO, poderíamos falar em:

inicio de uma fase de dificuldades, sentir-se vulnerável diante de uma situação, desamparo, ou criança/filho passando por uma prova difícil, ser positivo para superar uma situação,se estivéssemos na EE, ou na EB poderíamos pensar em filho/criança alcançando vitória sobre algo, ou inicio de uma fase de conquistas, ou uso da criatividade para alcançar a vitória sobre algo.

No segundo caso 09+36, também sem um foco especifico: Na EB podemos pensar em algo positivo como sentimentos felizes e bem estar alcançando os objetivos , conquistas merecidas, sabedoria para chegar aos objetivos.

Se na EE poderíamos pensar em recuperação difícil, emoção comprometida pela culpa, buscar recursos emocionais para superar uma fase, sentir-se frustrado em seus objetivos.

Essas visões poderiam ser melhoradas caso tivéssemos um foco especifico, então a interpretação se ajustaria às cartas que saíram, e eu pessoalmente gosto de ver as cartas vendo-as em seu mais amplo aspecto, sem limitar sua força oracular a um simples positivo ou negativo.

Por acaso minha carta do dia de hoje foi a Cruz,e compartilho com vocês o texto que escrevi na página do Facebook, por expressar meu modo de vê-lo:

Carta que ilumina meu dia: 36 Cruz Petit Lenormand
Será possível viver sem dor, sem algum tipo de sofrimento? Estamos todos sob a resolução do Karma?
Que a cada um caiba sua resposta. Não é a dor que importa, mas como vivemos a dor, a consciência que temos de cada etapa dessa vivência, a dimensão que damos a experiência de "carregar a Cruz".
Que nos seja leve, que nos desperte sabedoria, que nos impulsione a fé, que nos permita ver o que nos cabe como "etapa" a ser vencida, que nos liberte a percepção para além do nosso sofrer e possamos encontrar na "Cruz" de cada dia, a Cruz que outros carregam e que nos faz a todos "Irmãos de caminhada", com nosso Cristo interno desperto e realizado.
Vou carregar pedras como se fossem flores, hoje me lembrarei dessa mensagem em cada desconforto que porventura venha a sentir.
Que Sara, mensageira e advogada esteja do meu lado, do nosso lado
Bom dia, um dia de amor e paz para todos.

Que nossas Cartas sejam veiculo do bem!

bjusRosa vermelhaCoração vermelho

 

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

A Chave, Carta Cigana 33 no Janellá!

E então amigos? Saudades!

Vamos conversar um pouco? Vocês acreditam em coincidência? Não?

Nem eu!

Acredito na energia viva que permeia o mundo e nos conecta a todos, por pensamentos, sentimentos, desejos e vontade, e que num certo momento se encontram e fazem algo surgir como que “por acaso”.

Pensar em alguém e encontrar tal pessoa, pegar o telefone para ligar para um amigo e o telefone tocar com o amigo do outro lado da linha, várias pessoas na mesma semana me perguntarem quando eu voltaria a escrever na Revista Cigana Janellá e a Jhade me ligar avisando que a revista volta com mais disposição que nunca!

Isso é “sincronicidade”, um termo criado por Carl Gustav Jung para nos ajudar a entender essas conexões energéticas que estão no nosso cotidiano muito mais do que percebemos.

Foi com grande alegria que recebi o convite dos amigos para escrever na coluna “Cartas Ciganas” em abril de 2011 quando da primeira vez, e com mais alegria agora por ver que um propósito nobre e vindo de pessoas que amam sua Cultura e Tradição Cigana, se colocam outra vez para veicular a energia da revista, pois Janellá , quer dizer “Saber , Conhecer”.

Janellá através de suas publicações traz uma forma atual de desmistificar preconceitos sobre a Cultura Cigana e dá oportunidade que esse saber possa ultrapassar barreiras e limites que tanto nos obstrui o crescimento.

Tudo isso dito fica agora o gostinho de falar sobre as Cartas Ciganas que ficaram faltando da 33 até 36 e com as bençãos de Sta Sara receber a inspiração para dar continuidade aos nossos encontros mensais.

Desejo aos amigos Jhade e Mauro, e a todos os colaboradores da revista muita saúde, prosperidade e energia positiva para que a “Chave” abra as portas do progresso em todos os sentidos que nos for necessário!

chave

http://www.janella.com.br/colunas/cartas-ciganas/336-carta-cigana-33-a-chave.html