Páginas

Que Sta Sara abençoe nossos caminhos!

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

O Amor, esse incerto e impermanente sentir.

Como lidar com as crises nos relacionamentos? Como saber se aquele sentimento que proporcionou um coração acelerado e uma palpitação estranhamente doce era amor ou outro tipo de emoção?

Se era amor acabou-se, tem chances num futuro imediato ou corre o risco de acabar num movimento tão intenso e proporcionalmente inverso ao seu começo?

Essas eram as palavras que ouvi! Era o questionamento inquietante de alguém que estava deveras apaixonado algum tempo atrás, só que hoje tudo mudou, e aquilo que parecia luz e brilho, e que ofuscava ver a verdadeira pessoa B diminuiu, e assim o velho ditado cabe aqui: “quem ama o feio, bonito lhe parece”, então o amor resistiria a uma crise. Mas “quem se apaixona pelo feio, logo acha-o horrível logo que a paixão acaba”…Seria amor ou paixão o que A sentia por B?

Dilemas do sentir!

A pergunta foi feita respeitando o tempo de hoje até o fim do ano. “Como vai ficar o relacionamento de A e B até o fim do ano.

Garoto paquerandoÉ muito útil colocar o “tempo nas tiragens”. Facilita o acompanhamento do jogo!

24661376-vintage-coffee-background (3)

Como estamos lidando com um jogo que fala de relacionamento, diria que estas cartas apresentam um aspecto bastante tenso e negativo.

A Carta do Caixão mostra que a energia que abre o jogo traz sentimentos de tristeza e dor que precisam ser direcionados, trabalhados em sua essência para que tomem um caminho mais adequado. Esse caminho pode ser o trabalho emocional adequado para que os sentimentos sejam transformados, ou mesmo uma atitude prática encerrando um momento de tristeza e pondo fim ao sofrimento.

Mas quando observamos a sequencia vemos que a carta que segue é a Foice, uma carta ágil, que corta aquilo que se faz necessário ou acelera alguns processos. A transformação é urgente: Caixão/Foice, mostra que a pessoa se deu conta que existe algo grave e que esse fim se dará muito rápido ou ainda que as coisas ficarão piores com rapidez, e aqui vemos que um rompimento é quase eminente.

A próxima leitura traz a Foice e a Ancora, mostrando que essa mudança brusca, porá fim a relação tirando a estabilidade , cortando as amarras que tinham entre si. Possivelmente haverá um rompimento com riscos da perda da estabilidade pessoal, e também material, tirando a estabilidade de A, afetando sua vida material, causando prejuízos de ordem psicológica e profissional.

Como estamos muito próximos do fim do ano, creio que este “Caixão” no inicio do jogo fale de coisas que estavam cronicamente mal resolvidas, adoecidas e sem ser arejadas numa conversa sincera.

Infelizmente talvez não haja mais tempo para recolocar as coisas num bom curso!

O jogo com três cartas é muito interessante para lidar com situações objetivas e pode dar respostas muito interessantes numa leitura!

Bjus e felicidades!

 

4 comentários:

  1. Perdão! Fui excluir o comentário que fiz em lugar errado e acabei removendo seu comentário tb Anônimo!
    A resposta é:
    Não, seria diferente.Digamos que a pergunta fosse a mesma. Como vai ficar o relacionamento de A e B até o fim do ano? Foice cortaria o caixão, haveria uma mudança importante cortando o problema fora, e o sol depois mostra que o corte trouxe vitalidade, vida. Prognósticos são melhores que no jogo do pos

    ResponderExcluir
  2. Esta ai, um metodo simples e que muito nos diz!

    ResponderExcluir
  3. Olá, eu sorteei as cartas usando esse método e não consegui compreender muito bem a mensagem que elas tentaram me passar. As cartas sorteadas foram 17, 25 e 27. Quanto às duas primeiras, creio que se refiram à possibilidade de um relacionamento sério, mas não sei qual significado a carta 27 teria nesse caso. Aproveito para parabenizar pelo blog, está sendo muito útil no meu aprendizado na leitura do baralho cigano! Obrigada, bjs!

    ResponderExcluir

Seu comentário é importante para mim, mas nem sempre posso responder com rapidez.Agradeço sua participação e presença no Blog. Que Santa Sara seja a Luz e o Ouro em nossos caminhos!