Páginas

Que Sta Sara abençoe nossos caminhos!

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

A Energia que somos e a Cartomancia

"Não há nenhum bem ou mal em si, como não há nem "elixir da vida" nem "elixir da morte", nem veneno em si. Tudo está contido na única e mesma essência universal, dependendo os resultados do grau de sua diferenciação e de suas várias correlações. O seu lado de luz produz vida, saúde, bem-aventurança, paz divina, etc.; o lado de trevas traz morte, doenças, tristezas e conflitos."
(A Doutrina Secreta/ H P Blavastky)

Não, não há nenhum bem ou mal em si! Por isso há um ditado cigano que diz que Bruxa que não sabe fazer adoecer, não pode curar. Tudo uma questão de medida e direção!
Seria bom ou melhor, mais confortável se a vida fosse linear, sem surpresas e pudéssemos catalogar e colocar em arquivos o certo e o errado, o bom e o mal. Filósofos e pensadores desde o mais antigo tempo se debruçaram sobre essas questões.
Meditation for earth

Ao iniciar os estudos da Cartomancia essa é uma questão que ocupa a mente do estudante. Como fazer para selecionar entre as cartas positivas e as negativas, as neutras são boas?! Mas vem Dona Helena Blavastky e diz que TUDO está contido numa única essência universal, e aqui incluo os símbolos que usamos na Cartomancia que praticamos.

Um pouquinho mais para esquerda e temos o negativo, a peçonha da cobra, o infecto rato, o assustador caixão. No meio da linha imaginária a Carta, o livro...e caindo para direita o coração, a estrela...Seria tão mais simples se fosse assim! Não daria trabalho, não teríamos que pensar, não haveriam dúvidas!

Mas quem pode se atrever a vislumbrar o destino humano através de um Oráculo e não se permitir o assombro da dúvida?! É o mínimo de respeito que podemos ter, por isso nos dedicamos tanto, nos esforçamos para compreender além daquilo que parece obvio!

Deixo uma sugestão que pode ser útil um dia qualquer, se deseja conhecer os outros, busque conhecer-se também!

Talvez a questão mais difícil seja conhecer e compreender a dinâmica de nossa própria essência, quem somos nós e como pretender seguir nossa estrada transformando a si mesmo e ao futuro que construímos.

Cartomantes, assim como Terapeutas acabam por adentrar num universo por demais complexo, para o qual não basta a inteligência e a lógica, muito menos exclusivamente o "dom".  Sempre olhar sobre os ombros ou sobre as cartas nos parece mais fácil, esse é um grande e perigoso engano. Muitas vezes ao olhar o outro, o desavisado olha apenas a si mesmo!
Por mais que se estude menos sabemos, por mais que pratique sempre viveremos outros desafios, por mais que nos preparemos a resposta está além das aparências, portanto mais humildade e amor, menos vaidade e ego.
Todos tem o que ensinar nesta área, até mesmo a pergunta de um iniciante pode descortinar uma questão nunca pensada por um Cartomante experiente. Sem pressa, diariamente, mente aberta, assim conseguimos caminhar com mais proveito!
Pequenos passos nos levam pela longa estrada…
Que Sta Sara nos acompanhe nesse caminho.

6 comentários:

  1. Excelente!

    Eu li com cuidado cada linha que escreveu, e eu não posso deixar de concordar.
    É isso, exatamente isso. Na medida certa, nem mais e nem menos.

    Parabéns Sônia :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querido amigo Kêu, muito axé e cheiro de Alfazema e Alecrim! Bjus na Mainha!

      Excluir
  2. Achei o texto simplesmente brilhante !

    "Mas quem pode se atrever a vislumbrar o destino humano através de um Oráculo e não se permitir o assombro da dúvida?! "

    Acho que essa é uma das pergunta-chave que não se deve esquecer.

    Abraços

    Salamanca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amigo Salamanca! Gosto de viver de assombros ;) rsrs...é muito desafiador e mais animado! Um bjo, muita paz e felicidades!

      Excluir
  3. Namastê!
    Não fiz uma pergunta. Pedi apenas que o baralho me descortinasse meu momento atual. Ele me apresentou: O Cavaleiro, Os Pássaros, A Cigana e A Chave. Eu pensei em tirar apenas uma carta, mas fui tirando as outras e parei na quarta. De cara achei tão lindo... agora tenho de achar coragem pra girar a maçaneta!

    Abraços rosados,
    Kris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kris, seu jogo está com um aspecto muito bom! Vá em frente! Bjus

      Excluir

Seu comentário é importante para mim, mas nem sempre posso responder com rapidez.Agradeço sua participação e presença no Blog. Que Santa Sara seja a Luz e o Ouro em nossos caminhos!