Páginas

Que Sta Sara abençoe nossos caminhos!

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Desenvolvimento da leitura em cartomancia

Olá amigos!

Ao desenvolver os assuntos do Baralho de D. Mulambo tenho a oportunidade de conversar com muitas pessoas que estão usando o oráculo , estudando e alguns já utilizando diariamente em suas leituras.

Com essa troca eu tenho  lidado diretamente com algumas dúvidas e questões que dificultam muito a leitura das cartas e a interpretação correta de uma “sentença cartomântica”.

Percebo que as dúvidas não são relacionadas simplesmente com o símbolo ou um determinado oráculo, mas com um entendimento do contexto mais amplo da leitura!

Uma leitura precisa fazer sentido e estar relacionada diretamente ao objetivo que temos ao faze-lo.  Ao abrir um jogo temos algo em mente, uma pergunta formulada e uma intenção de te-la respondida.

Tenho observado que muitas das vezes que surge uma dificuldade na leitura não se trata de falta de conhecimento do significado das lâminas, mas de uma falta de atenção na escolha do método e da forma como se decide usa-lo. Em seguida a outra grande dificuldade é ampliar o símbolo e adequa-lo ao assunto do jogo, para então concluir a leitura sem deixa-la solta.

Vamos ver alguns itens que podem ajuda-lo:

1. Descubra o tom da leitura e adeque os símbolos ao seu contexto.

Digamos que alguém queira saber sobre uma amizade, se pode contar com a ajuda de um amigo. Amizade faz parte do campo afetivo, então nossa questão de certa forma liga-se ao universo emocional, afetivo, sentimental. Esse é o tom da leitura.

2. Escolha o método adequado ao grau de complexidade da sua questão.

A questão é simples. Para essa questão simples o método deve ser simples! De três a cinco cartas , sempre em números impares, para nos ajudar a encontrar o ponto central do jogo.

Se preciso explorar algo mais sobre  a ajuda de meu amigo, então devo optar por um jogo mais complexo.

0000111

                      *Exemplo de uma das formas como leio a carta do dia

3. Verifique se de fato conhece o método que usa. Mesmo os jogos pequenos com 3 cartas podem ser lidos de infinitas maneiras. Decida antes de abrir as cartas como fará a leitura.

 4. Jogos complexos precisam de MUITO treino, seu pré-requisito é SABER COMBINAR AS CARTAS.

Se opto por um jogo mais complexo PRECISO ESTAR APTO PARA REALIZAR A LEITURA. Caso contrário será uma salada de cartas, nada mais que isso!

5. Se a questão envolve TEMPO esse item precisa estar claro antes do jogo. Jogos pequenos nem sempre trazem essa definição temporal com clareza. Defina o TEMPO NA SUA PERGUNTA: Fulano vai conseguir viajar em um mês?

6. Posso ler as cartas para mim? Sim, pode e deve. Somos um laboratório pessoal de aprendizados, mas redobre seus cuidados ao ler para si mesmo.

Se seu estado emocional ou sua saúde estiverem  comprometidos seriamente não o faça. Procure alguém de competência e se coloque humildemente como consulente de outro Oráculo.

7. Coloque-se dentro de sua área de saber. Existem profissionais qualificados para resolver assuntos emocionais, físicos e mentais, espirituais, etc. Dar diagnósticos ou dispor-se a tratar algo que não é de sua área constitui grave erro.

8. Observe como as cartas ao se colocarem uma ao lado da outra constituem uma frase. Essa frase é a base da leitura! Nesta frase encontramos muitas vez o objeto ou pessoa a ser pesquisado, as qualidades positivas ou negativas do mesmo, algum tipo de ação que acontece, um tema relevante, um desfecho significativo que amplifica ou reduz a intensidade da resposta.

Isso quer dizer que ler cartas é entrar num estudo de um novo idioma, só que um idioma imagético, simbólico e muito bem estruturado!

Bom queridos, espero que essas dicas sejam úteis!

No livro de Dona Mulambo teremos uma parte técnica que servirá tanto para a prática com seu baralho como para qualquer outro oráculo.

Bjus a todos!

Paz e luz!

Sonia Boechat Salema

 

2 comentários:

  1. Fico feliz com a possibilidade do seu livro em andamento. Estou na fila. Mas, antes, já que moro em Copacabana,pertinho de você, gostaria que me enviasse por email o endereço do seu espaço e aulas e telefone para contato. Fico muito grata pela atenção. Beijos. Helena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helena, meu email é boechats@uol.com.br
      é melhor conversarmos por email, obrigada"

      Excluir

Seu comentário é importante para mim, mas nem sempre posso responder com rapidez.Agradeço sua participação e presença no Blog. Que Santa Sara seja a Luz e o Ouro em nossos caminhos!