Páginas

Que Sta Sara abençoe nossos caminhos!

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Reflexão com o Baralho das Almas 9/12/2017 - O amor, que sentimento tão bom!

A imagem pode conter: texto


Dia 9/12/17
Escrever diariamente dá uma sensação muito boa! Vemos algo de muito positivo sendo construido: letras, juntam-se para formar palavras, palavras formam frases, frases aprensentam idéias, pessoas lêem e modificam seu dia, compartilham e mudam o dia de outros. Gratidão!
Hoje vamos falar de "Sentimentos"...especialmente do amor, que é o tema principal dessa carta.
O amor é um sentimento controverso, pois é confundido com muitas outras coisas: posse, domínio, egoísmo, carência, desejo, sexo!
Mas na perspectiva dos amados Vovôs e Vovós vamos voltar nosso olhar para dentro de nós e avaliar com espírito livre e desinteressado o que é o amor.
O amor é uma magia de potencia infinita, quanto mais amamos, mais livres somos, mais livres deixamos os outros, não aprisionamos o amor, não exigimos nada em troca.
Muitas vezes ao ouvir o desabafo de um filho a Vovó diz: deixar ir filha/o, vem coisa melhor pra suncê...
Tudo que chamamos de amor e não se comporta assim é apenas uma tentativa de aprender a amar.
A maioria de nós vive esse exercício do aprendizado do amor e se vê muitas vezes nesse desafio, nesse exercício que lapida nosso coração, muitas vezes nos deixando abatidos.
O amor não é exigente, portanto quando o "amor" espernear ou gritar, não é amor. Somos nós que ainda não crescemos, ainda somos bebês precisando ter nossas necessidades atendidas com urgencia.
Quando seu coração estiver pronto, e sua Alma fortalecida, você vai apreciar o amor em tudo, em cada expressão da vida, em cada chegada ou partida, e vai sentir uma paz imensa em seu coração.
Enquanto estamos no aprendizado, vamos exercitar o desapego e aceitar que cada pessoa ama e expressa o amor de um jeito muito próprio, que cada um nos dá o que sabe e pode e nós também fazemos assim. Se você julga que ama mais do que é amado, sorte sua, você é mais rico de amor que o outro! Se esse amor adoecer, não era amor. Cure o que for preciso e volte a amar.
Toda vez que seu coração apertar de tristeza, saudade ou angústia, abra a gaiola e deixe a porta livre para dor sair voando. A reciprocidade é um acontecimento que surge quando as Almas estão prontas, não adianta forçar, nem esperar, nem exigir.
Ame o amor, mas não confunda o AMOR com esse mix de sentimentos que só existem para nos dar a chance de crescer e expandir o coração além da gaiola estreita em que por ignorância o colocamos.
Bom dia! Paz e Bem! Adorei as Almas e as Almas me ajudaram!
#tzaradaestrela #adoreiasalmas #baralhodasalmas
Compartilhe com seus amigos se julgar que esse texto pose ser util para os outros.
Bjs lindo sábado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para mim, mas nem sempre posso responder com rapidez.Agradeço sua participação e presença no Blog. Que Santa Sara seja a Luz e o Ouro em nossos caminhos!